Nos últimos dias, a região sul da Faixa de Gaza tem sido foco de uma crise humanitária em rápida escalada, com cerca de 300 mil pessoas fugindo de Rafah enquanto a violência se intensifica. A Agência da ONU para Refugiados Palestinos (Unrwa) alertou para a falta de abrigos seguros na área, enquanto o exército israelense emitiu ordens de evacuação, adicionando pressão à já tensa situação.

Thank you for reading this post, don't forget to subscribe!

O Secretário-Geral da ONU, António Guterres, emitiu um alerta contundente, enfatizando que uma operação militar em grande escala teria “consequências catastróficas” e deve ser evitada a todo custo. Em uma conversa telefônica com o Primeiro-Ministro do Qatar, Mohammed bin Abdulrahman bin Jassim Al Thani, Guterres reconheceu os esforços de mediação do Qatar e discutiu a necessidade urgente de um cessar-fogo em Gaza, bem como a libertação imediata de reféns.

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Volker Turk, expressou profunda preocupação com a deterioração das condições de vida em Gaza, especialmente em meio aos ataques aéreos israelenses em áreas densamente povoadas. Turk salientou a falta de lugares seguros para os deslocados, com muitas pessoas já tendo sido deslocadas várias vezes e sem opções viáveis de refúgio.

Turk também destacou a incompatibilidade das últimas ordens de evacuação e a ameaça de uma ofensiva em grande escala com a lei humanitária internacional e as medidas ordenadas pelo Tribunal Internacional de Justiça. Ele apelou aos Estados influentes para impedir a escalada do conflito e proteger a vida dos civis, instando tanto Israel quanto os grupos armados palestinos a concordarem com um cessar-fogo imediato e a libertação dos reféns.

Enquanto a crise em Gaza continua a se intensificar, com cidades como Khan Younis também enfrentando ataques devastadores, a comunidade internacional é instada a agir rapidamente para evitar uma catástrofe humanitária ainda maior e buscar soluções diplomáticas para encerrar o conflito.

Fonte: ONU

Avatar de JN LIBERTTI

Deixe seu comentário: